Habitação Social Anta e Guetim

Anta & Guetim

Habitação Municipal na União de Freguesias de Anta e Guetim,
segundo o bairro, por tipo de habitação, n.º de edifícios e fogos, tipologia dos fogos

Em Anta existem, atualmente, 99 fogos de habitação social multifamiliar de gestão municipal: 12 fogos situam-se no designado "Bairro da Câmara, Bloco F" (construído no ano de 1985, na 3.ª fase de construção do designado Bairro da Ponte de Anta, com o apoio do Fundo de Fomento da Habitação), sendo constituído por três pisos, 6 fogos de tipologia T2 e 6 de tipologiaT3; 84 fogos integram o designado Conjunto Habitacional da Ponte de Anta, que é composto por 5 Blocos, com 48 fogos de tipologia T2, 36 de tipologia T3 e 5 espaços destinados a comércio, distribuídos por 4 pisos (rés-do-chão e 3 pisos), que foi construído no ano de 2002, ao abrigo do Programa Especial de Realojamento - PER; e 3 fogos "dispersos", localizadas nos Blocos O, P e F do Bairro da Ponte de Anta, que é gerido pelo Instituto da Habitação e da Reabilitação Urbana (IHRU, IP). A estes fogos, acrescem 3 habitações unifamiliares, situadas nas imediações do Bairro da Ponte de Anta.

No total de fogos residem aproximadamente 363 pessoas que podem usufruir dos serviços e das atividades dinamizadas pelo Centro Comunitário da Ponte de Anta, localizado no rés-do-chão da Entrada 3, do Bloco G do Bairro da Ponte de Anta.

A Divisão de Ação Social, Intergeracional e Saúde (DASIS) da Câmara Municipal de Espinho efetua atendimento de proximidade na "Casa do Bairro", espaço situado no Conjunto Habitacional da Ponte de Anta, Loja 1 (Bloco 1).

Em Guetim existe um Complexo Habitacional de gestão municipal. Trata-se de um edifício de habitação multifamiliar, construído no período de 2003/05 ao abrigo do Programa Especial de Realojamento-PER e que é constituído por 3 pisos (rés-do-chão e 2 pisos), num total 22 fogos (6 fogos de tipologia T1; 8 de tipologia T2 e 5 de tipologia T3), dos quais 3 foram objeto de permuta e figuram propriedade privada.

No Complexo Habitacional de Guetim residem 56 pessoas, que podem, de entre outras respostas existentes na freguesia/concelho, usufruir do Serviço de Atendimento e Acompanhamento Social (SAAS) de Espinho, disponibilizado pelo Centro Social de Paramos, bem como do acompanhamento e atividades dinamizadas pela Equipa de Protocolo de RSI, da Associação de Desenvolvimento do Concelho de Espinho (caso se encontrem a ser acompanhados no âmbito da medida Rendimento Social de Inserção).

A Divisão de Ação Social, Intergeracional e Saúde (DASIS) da Câmara Municipal de Espinho efetua atendimento de proximidade nas instalações do Polo de Guetim da Junta da União das Freguesias de Anta e Guetim.